• +55 (41) 9.9603-9860
  • contato@rodrigowebdesigner.com

Blog

Importar emails, contatos e calendário de um arquivo .pst do Outlook

Há várias razões pelas quais convém importar itens do Outlook de um arquivo de dados do Outlook (.pst).

  • Você quer migrar itens do Outlook de uma conta de email para outra

  • Você quer migrar itens do Outlook de um PC para outro

  • Você quer migrar itens do Outlook de um PC para um Mac e de um Mac para um PC

  • Você deseja mover itens do Outlook entre pastas locais e um servidor IMAP ou Exchange.

Importar itens do Outlook a partir de um arquivo .pst no Outlook para PC

Essas instruções pressupõem que você já tenha exportado os emails, os contatos e o calendário de outra instância do Outlook e agora deseja importá-los para o Outlook.

  1. Na parte superior da faixa de opções do Outlook, selecione Arquivo.

    Se a sua faixa de opções não tem uma opção Arquivo no canto superior esquerdo, você não está usando um aplicativo do Outlook instalado no seu computador. Confira Qual é a minha versão do Outlook? para localizar sua versão do Outlook e ver as etapas de importação corretas.

2- Selecione Abrir e Exportar > Importar/Exportar. Isso inicia o assistente Importar/Exportar.

3 – Selecione Importar de outro programa ou arquivo e clique em Avançar.

4 – Selecione Arquivo de Dados do Outlook (.pst) e clique em Avançar.

5 – Navegue até o arquivo .pst que deseja importar. Em Opções, escolha como deseja lidar com os emails e os contatos e escolha Avançar.

6 – Caso uma senha tenha sido atribuída para o Arquivo de Dados do Outlook (.pst), digite a senha e clique em OK.

7 – Se você estiver importando o conteúdo do seu arquivo .pst para a caixa de correio do Microsoft 365, escolha essa caixa de correio aqui.

Se você NÃO estiver importando para a sua caixa de correio do Microsoft 365, escolha Importar itens para a pasta atual. Isso importa os dados para a pasta selecionada no momento.

8 – Escolha Concluir. O Outlook começa a importar o conteúdo do arquivo .pst imediatamente. Quando a caixa de progresso desaparecer, a exportação estará concluída.

Se estiver importando o arquivo .pst para sua caixa de correio do Microsoft 365, talvez você veja uma mensagem dizendo que ele está tentando se conectar ao Microsoft 365. Isso acontecerá quando a conexão com a Internet for interrompida, mesmo que por um momento. Assim que a conexão com a Internet for restabelecida, o Outlook continuará a importar o arquivo .pst.

Dica:  Para recuperar somente alguns emails ou contatos de um Arquivo de Dados do Outlook (.pst), você pode abrir o Arquivo de Dados do Outlook e, no painel de navegação, arrastar e soltar os emails e contatos do arquivo .pst para as suas pastas existentes do Outlook.

Quais dados são importados?

Os arquivos .pst são criados quando você exporta ou faz backup de emails, contatos e calendários para um arquivo .pst do Outlook. O Outlook faz uma cópia dos seus emails no arquivo .pst.

  • Quando o Outlook exporta emails para um arquivo .pst, inclui todos os anexos. Portanto, ao importar um arquivo .pst, você verá seus anexos.

  • O Outlook não exporta metadados, como propriedades de pastas (modos de exibição, permissões e configurações do recurso AutoArquivar), regras de mensagens nem listas de remetentes bloqueados. Portanto, eles também não serão importados.

  • Quando o Outlook exporta emails, contatos e informações de calendário para um arquivo .pst, ele faz uma cópia das informações. Nada é excluído do Outlook. Você ainda verá e terá acesso a emails, contatos e calendários no Outlook.

Não funcionou?

Entre em contato através do formulário abaixo:

Fonte: https://support.microsoft.com/pt-br/topic/importar-emails-contatos-e-calend%C3%A1rio-de-um-arquivo-pst-do-outlook-431a8e9a-f99f-4d5f-ae48-ded54b3440ac

O que é Hospedagem de Site?

Uma hospedagem nada mais é que um ambiente totalmente configurado para guardar os seus arquivos e disponibiliza-los na web. Ou seja, é um servidor ou partições dele capaz de manter todas suas aplicações online.

Dessa forma, ao criarmos um site, na verdade, estamos falando de um conjunto de arquivos (como, por exemplo, arquivos HTML, CSS, PHP entre outros). Porém, todos esses arquivos precisam ser acessados, portanto, precisam estar presentes em um determinado local. Esse local é o que chamamos de Servidor. Um servidor, na verdade, é um computador físico otimizado para a armazenagem e tráfego de arquivos e aplicações envolvendo a web, como, por exemplo, um site. Obviamente, este computador se mantém sempre ligado para garantir que seu site ou aplicação esteja online 24 horas.

Mas, é claro que nem todo site ou aplicação necessita de uma máquina completa, portanto, esse servidor pode dividir-se em partições menores. Dessa forma o servidor poderá ser utilizado e compartilhado por diversas pessoas. A hospedagem então, nada mais é que o aluguel de uma partição desse servidor. Por isso existem diversos planos de hospedagem, desde planos mais simples, como também a planos mais complexos e completos, cada uma para atender a necessidade do cliente.

Porém, além de contratar um serviço de hospedagem, você também necessita de um nome de domínio

Portanto, seu provedor de hospedagem é responsável por manter o seu site ou aplicação no ar, assim como também proteger de ataques maliciosos, e transferir o conteúdo do servidor até o navegador dos visitantes que acessarem a partir do seu nome de domínio.

fonte: https://www.homehost.com.br/blog/hospedagem-de-sites/o-que-e-hospedagem-de-site/

O que é domínio de site?

Dentro da internet, todo computador possuí um endereço IP. O IP é um conjunto de números que funcionam como se fosse um endereço físico. Porém, seria bem complicado ficarmos memorizando endereços IPs. Imagine precisar decorar milhares de sequências numéricas para conseguir navegar entre diferentes sites? Seria bem complicado o uso da internet da forma que conhecemos hoje, não é mesmo? Portanto, o nome de domínio surgiu para poder resolver isso e tornar mais prático a memorização de endereços na internet.

O nome de domínio é um conjunto de caracteres que serve para localizar e identificar você ou sua empresa na Internet. Como, por exemplo: “rodrigowebdesigner.com“. Observe, portanto, que um nome de domínio de site é composto por um nome e seguido de uma extensão. No caso do nosso exemplo o nome de domínio é rodrigowebdesigner e a extensão utilizada é a .com

Dessa forma, ao digitarmos a URL meudominio.com.br no navegador, estaremos acessando o site disponível no servidor que estiver comportando este domínio.

FONTE: https://www.homehost.com.br/blog/dominio/o-que-e-dominio-de-site/

123
Fale conosco
Olá! Em que podemos ajudar?